Aspectos técnicos a serem considerados na escolha do tipo de piso ou revestimento de sua obra

Piso-Termico-Aquecido-Tipos-Revestimento-PEI-Dureza
Quando você for escolher o tipo de piso e revestimento para sua obra é importante conhecer alguns aspectos técnicos sobre os produtos. Esse post traz uma série de características ligadas especialmente aos pisos frios. Com certeza essas informações vão ser muito úteis para nortear as suas escolhas.

Dentre os diversos critérios que são importantes para serem avaliados destacam-se: o Índice de Resistência à Abrasão (PEI), o Índice de Resistência Mecânica (Absorção de água), o Índice de Resistência às Manchas, o Índice de Resistência ao Risco (Índice de Mohs), o Índice de Resistencia ao Escorregamento e o Índice de Resistência ao Ataque Químico.

ÍNDICE DE RESISTÊNCIA A ABRASÃO – PEI

O PEI (Porcelain Enamel Institute) é a sigla que representa o nome do instituto que regulamentou as normas para a classificação da resistência à abrasão superficial.

Abrasão superficial é o desgaste da superfície da placa cerâmica decorrente da utilização da mesma. Essa abrasão ocorre devido ao atrito de solados e dos móveis com partículas de sujeira abrasivas como areia, pequenas pedras, terra, quartzo, móveis, dentre outros, sobre a superfície da cerâmica acarretando em desgaste do esmalte do mesmo ou em casos de porcelanato polido provocando riscos.

O PEI classifica os tipos de piso quanto a sua resistência de acordo com a indicação para os ambientes. No caso de revestimento para paredes, considerando que os riscos são menores, o índice de classificação para o revestimento também pode ser menor.

Se você não se preocupar com essas questões técnicas corre o risco de escolher um piso pela sua beleza e facilidade de limpeza e, depois de algum tempo se surpreender com riscos ou pequenas danificações. Troque informações sobre esses critérios com o seu engenheiro ou arquiteto. Se está decidindo e comprando diretamente de empresas de construção a atenção deve ser redobrada, pois nem todos os vendedores tem conhecimento dos quesitos técnicos.

É fundamental a escolha do produto correto de acordo com a utilização do mesmo. É por meio deste conceito, PEI, que arquitetos e engenheiros especificam pisos que devem apresentar, por exemplo, alta resistência a arranhões. Produtos cerâmicos, em especial devem atender às prescrições estabelecidas pela norma técnica NBR 13818 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que fixa entre outros itens, as características exigíveis para fabricação, marcação e declarações em catálogos de placas cerâmicas para revestimento.

Portanto, verifique se o produto que está prestes a comprar traz uma nota impressa na embalagem ou no manual de instalação, afirmando que o mesmo atende ao que estabelece a norma técnica acima mencionada. Normalmente você vai encontrar as informações impressas e, após a leitura desse post estará mais preparado para entendê-las.

Você irá encontrar o número do PEI. Para entender e escolher tenha em mente a seguinte tabela:
PEI 0 – Resistência: Baixíssima – o produto é recomendado somente para uso em paredes;

PEI 1 – Resistência: Muito Baixa – o produto pode ser utilizado em banheiros residenciais que não tenham porta externa, movimento baixo de pessoas e sem sujeira abrasiva;

PEI 2 – Resistência: Baixa – o produto pode ser utilizado em banheiros e dormitórios residenciais que não tenham porta externa, sujeira abrasiva e movimento moderado de pessoas;

PEI 3 – Resistência: Média – o produto pode ser utilizado em todas as dependências residenciais sem portas externas;

PEI 4 – Resistência: Alta – o produto pode ser utilizado em todas as dependências residenciais e pequenos ambientes comerciais que não tenham portas externas, como por exemplo: salas comerciais de shoppings ou galerias. Pode ter porta externa, porém com pouca sujeira abrasiva;

PEI 5 – Resistência – Muito Alta – o produto pode ser utilizado em todas as dependências residenciais, comerciais e em algumas dependências industriais.


ÍNDICE DE RESISTÊNCIA MECÂNICA (ABSORÇÃO DE ÁGUA)

A absorção de água de uma peça está relacionada a resistência mecânica da mesma, pois quanto menor a absorção, menos espaço há entre as partículas para que a água penetre na peça o que garante uma maior resistência mecânica.

Muitos confundem a resistência a abrasão e a riscos com a resistência a absorção de água, porém elas são especificações diferentes. A Resistência a Absorção da Água, por sua vez, está relacionada diretamente com a porosidade da peça, entre outras: a resistência ao impacto, a resistência mecânica, a resistência ao gelo, a resistência química estão associadas com a absorção de água. A absorção varia de zero para porcelanatos até 20% de absorção para azulejos.

A absorção de água está ligada a expansão por umidade, ou seja, ao aumento da peça cerâmica devido a absorção de água. Esse efeito é irreversível e pode acarretar a descolagem da peça da argamassa.

Se a peça for colocada em locais com umidade e que recebem a ação direta do sol é muito importante que o índice de absorção de água da peça seja baixo, para que ela seja menos suscetível a expansão. Da mesma forma, se a região onde você estiver fazendo sua obra for muito fria, com temperaturas próximas a zero grau, você deve optar por produtos que estejam no Grupo Bla (confira a tabela).

No momento da escolha do piso tenha em mente o percentual máximo de absorção admitido para cada tipo de piso escolhido e, procure utilizar nas áreas mais úmidas os revestimentos que apresentem o menor percentual de absorção de água.

Piso-Termico-Aquecido-Tipos-Revestimento-PEI-Absorcao

Nesta classificação, a letra maiúscula (B) significa que o produto é prensado. O numeral romano (I, II, III) seguido pela letra minúscula (a, b) determina o grupo de absorção de água.

ÍNDICE DE RESISTÊNCIA ÀS MANCHAS

É a resistência às manchas que indica a facilidade de limpeza do produto adquirido e está relacionada ao tipo de esmalte que a peça recebeu.

De acordo com a Norma NBR 13.817/1997 com base na ISO 13.006/1995 classifica os revestimentos cerâmicos em relação a facilidade de limpeza do mesmo de acordo com a tabela a seguir:

Piso-Termico-Aquecido-Tipos-Revestimento-PEI-Resistencia-Manchas

ÍNDICE DE RESISTÊNCIA AO RISCO (ÍNDICE DE MOHS)

A resistência a risco Mohs é a escala que mede a resistência de minerais. O exemplo mais clássico a ser dado é o de que diamante risca o vidro, assim como a areia risca o esmalte da cerâmica.

Esse índice serve para alertar primeiramente ao cuidado que se deve ter durante a obra, após a instalação do piso e, antes dela com a escolha do tipo do piso.
Os dois principais itens que causam danos a superfície de pisos nas obras é a areia e o quartzo presente em alguns itens utilizados na obra. Por isso é importante ficar atento e solicitar cuidado e proteção aos pisos durante a obra, mantendo as superfícies já revestidas limpas e cobertas, caso contrário o piso pode ser danificado ainda durante a obra.

A resistência aos riscos não possui normalização no Brasil. Mas, é considerada a referência em relação à dureza do diamante na escala de Mohs. É importante ter a clareza de que todos os pisos riscam, no entanto, colocados em lugares apropriados riscam em proporções diferentes. Pisos brilhantes têm baixa resistência ao risco, logo riscam com mais facilidade que pisos rústicos, mais resistentes neste aspecto. Assim, em áreas externas e entradas pisos rústicos são mais recomendados e os pisos lisos e brilhantes devem ser colocados nas áreas internas.

Em função dessas características os pisos lisos e brilhantes são desaconselhados para uso em casas de praia ou em regiões onde a presença da areia é constante, pois a probabilidade do chão estar riscado em pouco tempo é grande, mesmo que o piso apresente um PEI mais elevado.

De forma prática você também pode buscar informações sobre o tipo de mineral com o qual foi produzido o tipo de piso que está escolhendo. Por exemplo, tipos de revestimento que tenham quartzo na sua constituição tendem a ter um maior Índice de Resistência ao Risco, pois estão na parte superior da Tabela de Mohs.

Piso-Termico-Aquecido-Tipos-Revestimento-PEI-Dureza

ÍNDICE DE RESISTÊNCIA AO ESCORREGAMENTO

Quanto mais áspero e rugoso o piso for, maior será a resistência ao escorregamento e maior o seu coeficiente de atrito.

Os revestimentos cerâmicos com superfície brilhante apresentam um bom desempenho em relação ao escorregamento enquanto estão secos, mas, quando são molhados ou apresentam sujeira na superfície tornam-se extremamente escorregadios.

Muitas quedas nas residências acontecem na transição entre ambientes que possuem peças com diferentes tipos de revestimento, em escadas molhadas ou em locais onde está chovendo. Por isso é importante estar atento para o Índice de Resistência ao Escorregamento, conhecido como COF (Coeficiente de Atrito).

COF é a resistência que mede a quantidade de atrito que se fará em presença de água, óleo ou substâncias escorregadias.

Piso-Termico-Aquecido-Tipos-Revestimento-PEI-Atrito

A preocupação com o Índice de Resistência ao Escorregamento deve aumentar na proporção que em sua residência irão circular crianças e pessoas da terceira idade.

ÍNDICE DE RESISTÊNCIA AO ATAQUE QUÍMICO

Expressa a capacidade que o piso tem de resistir a ácidos fortes, concentrados e quentes.
Em ordem decrescente
A – Ótima resistência a produtos químicos
B – Ligeira alteração dos aspectos
C – Alteração dos aspectos bem definidas.

A necessidade de conhecer essas normas técnicas e alguns outros critérios antes da escolha definitiva do seu piso vai ajudá-lo a tomar uma decisão mais equilibrada, levando em conta beleza, elegância, segurança, durabilidade, conforto psicológico e conforto térmico.

Falando em conforto térmico, não esqueça que independente das características que você considerar mais importantes para o seu piso, todos eles podem ser utilizados com o Sistema de Aquecimento de Piso da Piso Térmico, lhe garantindo assim o conforto térmico que você e sua família merecem.

Ainda tem dúvidas sobre o Piso Térmico? Acesse nosso site e busque mais informações, ou se preferir conheça o nosso vídeo!

Gostou desse post e quer mais informações sobre tipos de pisos e outras dicas para lhe ajudar na sua construção ou reforma? Então acesse o nosso Blog! Lá você vai encontrar diversos post interessantes, ou se preferir acesse diretamente pelos links abaixo o que lhe interessa.

Deixe o seu comentário na nossa página ou no nosso blog.

Se tiver alguma dúvida sobre outros assuntos relacionados a construção ou reforma, nos contate. Teremos um imenso prazer em produzir um post que possa lhe ajudar ainda mais.

Piso Térmico – aquecendo o seu lar e acalentando a sua vida.

Outros posts da Piso Térmico que podem lhe ajudar:

Escolha o Tipo de Piso Ideal para você! Saiba mais sobre:
Ardósia
Azulejo
Canjiquinha
Cerâmica
Cimento Queimado
Concreto e concreto estampado
Falsas Pastilhas
Granilite
Granito
Ladrilhos Hidráulicos
Lajota
Mármore
Pastilhas
Pedra Portuguesa
Pedras Naturais
Piso Epóxi
Porcelanato
Tecnocimento
Tijolos
Seixo

Saiba o que é Conforto Térmico
Por que você precisa se preocupar com o Conforto Térmico da sua casa ou apartamento

Contate-nos pelos canais abaixo, teremos o maior prazer em ajudá-los.

Site
Blog
Facebook
Google +
Twitter
Youtube
• E-mail: pisotermico@pisotermico.com.br
• Fone: (55) 3313-8000

Fontes consultas para elaboração deste post:
http://www.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/revestimentos.asp
http://www.arq.ufsc.br/
http://www.eliane.com
http://www.weber.com.br/

Piso Térmico - Aquecimento de Ambientes